Inscrição – Como foi pra mim

Esse é o meu “primeiro” post da série de “COMO FOI O PROCESSO DE SELEÇÃO PARA MIM”. Ontem uma pessoa me deu uma sugestão, aqui no blog, para também falar sobre a minha situação acadêmica e resultado de teste de proficiência na hora de me inscrever no Ciência sem Fronteiras.

Vamos lá!

Situação Acadêmica

Quando me inscrevi tinha completado 40,32% do meu curso e, completando o semestre vigente, completaria 52,42%. A minha Pontuação Média Global (de zero a dez), na época da inscrição, era 9,18.

Os editais da Austrália exigem que os alunos estejam com, no mínimo, 20% do curso, aqui no Brasil, completado e, no máximo, 90% do curso completo. Se você for novato na Universidade ou prestes a se formar, você não pode se candidatar. Um dos critérios de desempate durante a fase de Seleção é quanto você já completou do seu curso. Quanto mais você já tiver completado do seu curso, mais chances você tem de ser selecionado. M A S , não é o critério de seleção principal, mas sim de desempate!

O edital também diz que é necessário ter “perfil de aluno de excelência”. Eles se baseiam no seu desempenho acadêmico na Universidade. Isto sim, é um critério de relativamente importante.

Iniciação Científica

Eu fui voluntário (eu não recebia uma bolsa do governo) de um projeto de iniciação Científica e pedi para o meu coordenador escrever uma carta comprovando a minha participação. Além disso, não recebi nenhum prêmio de Jovem Cientista ou Olimpíada.

ENEM

Então, aqui estão um dos grandes milagres. Eu não tenho ENEM :/ . Na verdade, eu tenho… mas teve um problema. (Esta história são outros quinhentos).

Os novos editais (Nº 153/ 2013 e Nº 148/ 2013) exigem como pré-requisito do candidato o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) com pontuação igual ou superior a 600 pontos. Poise é… O meu edital foi (possivelmente) o último a não exigir o ENEM. O meu edital tinha o ENEM como critério de seleção para vagas que sobraram.

Aqui está o milagre: Eu não tinha ENEM. Então se tivessem mais candidatos do que vagas, eu perderia a vaga. Mas, graças a Deus, houve menos homologados do que vagas disponíveis 🙂 . E se eu tivesse deixado para me inscrever no CSF nestes novos editais, eu, muito provavelmente, não passaria. Deus é bom.

TOEFL

Eu tirei 113 no TOEFL IBT (CALMA! Eu era professor de inglês na época!). Eu falei sobre como foi o TOEFL para mim em mais detalhes aqui! Para saber mais sobre o TOEFL, leia também meu post com mais detalhes aqui!

Hoje os requisitos do teste de proficiência estão mais flexíveis. A ATN exige 79 no TOEFL IBT. Se você tirar entre 35 e 78, você poderá fazer um curso de inglês antes das aulas na uni na Austrália. O GO8 é um pouco diferente, eles exigem 79 no TOEFL IBT. Obtendo pontuação entre 39 e 78, você pode fazer as aulas de inglês também. Mais sobre ATN vs. GO8, clique aqui!

 Como eu preenchi

Eu faço Engenharia de Computação no Brasil. E coloquei uma área que tenho bastante interesse na parte de Área de Conhecimento e Engenharias/Circuitos Eletrônicos como Área de Atuação. Lembre que isto depende do seu curso! Veja o que você se interessa e o que mais se parece com o seu curso no Brasil.

Eu sei. Área de Conhecimento e Área de Atuação não fica muuuito claro na hora da inscrição. Mas aqui vai o que eu entendo:

  • Área de Conhecimento: É a parte prática, não necessariamente o seu curso no Brasil. É o que você pode/sabe/aprendeu a fazer na prática.
  • Área de Atuação: É mais geral. Tipo Engenharia.

Veja este link para saber quais são as Áreas de Conhecimento.

Dicas

  1. Se inscrevam no TOEFL o quanto antes;
  2. Façam a inscrição com CALMA! Se errar. (Acho que você pode mandar mais de uma inscrição, vale SOMENTE a mais recente!);
  3. Pergunte! Ligue para o CSF e tire as suas dúvidas (Posso tentar lhe ajudar também!).

Fique ligado no blog. Vou falar sobre como foi o processo para mim, passo a passo e detalhadamente! Vou colocar todos na CATEGORIA “Processo de Seleção” e com o tag “SELEÇÃO”.

Se você tiver alguma dúvida, pergunta ou sugestão, deixe um comentário abaixo. 🙂

[UPDATE]

Sobre a entrega das notas de proficiência depois da inscrição: O CNPq/CSF disponibilizará um link para fazer o upload dos resultados (na minha época foi um print dos resultados do site da ETS/TOEFL). NÃO precisa, nem deve, fazer outra inscrição!!!

6 thoughts on “Inscrição – Como foi pra mim

  1. Cara, muito bom seu blog, então, fiz inglês só por seis meses, e tirei 40 no TOEFL, porém só 12 na banda writting e o edital pede no minimo 35, com 14 no writting, acha que posso ser selecionado? Cumpro todos os outros pré-requisitos….Valeu

  2. Olá Lucas! Gostei muito do seu blog, estou a horas lendo ele 😀 Queria lhe pedir um favor, talvez essa pergunta seja um pouco aleatória, mas você por acaso conheceu alguém na área da medicina que fez o CsF na Austrália e que não se importaria se eu entrasse em contato por email?
    Estou tendo muitas duvidas na escolha da uni e achando um pouco complicado procurar somente pelo google, alguém com experiência para me ajudar seria uma boa :p

    • Oi Elaine, me perdoe, não lembro de ter conhecido alguém da área de medicina. Já conheci uma pessoa da enfermagem, se eu não me engano… Desculpa. Mas, muito obrigado pelo seu apoio!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s